quarta-feira, 6 de junho de 2012

Olhando por outro lado...

Tem dias que canso. Acordo com peguiça de existir nessa vidinha que se formou de uns anos pra cá. Cansa porque dá um trabalho danado corresponder as minhas próprias expectativas. É, porque há muito deixei de querer só agradar os outros, tenho pensado um pouco mais em mim e, com isso, me tornei um ser exigente. Exijo tanto de mim que ando cansada.

Ando meio sem paciência pra falta de educação das pessoas. E quando digo 'meio' estou mentindo descaradamente. Estou completamente sem paciência. Por conta disso, acabo atraindo situações que só vêm me testar, impressionante. Andar de ônibus, por exemplo, é um teste diário.

Hoje, quando acordei, resolvi encarar de forma diferente o meu dia. Talvez, por ser quarta-feira com cara de sexta, pois é véspera de feriado. Levei três horas pra chegar ao trabalho. Juro. O trânsito estava caótico. Ao meu lado, um senhor muito preocupado com o horário e que lia o jornal balançando as folhas de um jeito que me deu vontade de pegar e amassar tudo...rs... Respirei fundo, peguei meu fone, liguei o rádio e dormi. Aproveitei pra dormir.

Na verdade, o que eu quis dizer com isso é que tudo depende de como olhamos a situação. Se entregar, se render ao estresse só piora mesmo. Coisa boba, né? Tem dia que dá vontade de chutar o balde, eu sei. Tem vezes que parece aquele filme "Um dia de fúria". Mas, juro, tô tentando evoluir um pouquinho e aproveitar pra enxergar as coisas de outra forma. Assim, durmo mais no ônibus...rs

Nenhum comentário: