terça-feira, 22 de maio de 2012

Para Thania Strina

Com o tempo aprendi que devemos dar segundas, terceiras, quartas chances às pessoas, mas antes de qualquer coisa, qualquer relacionamento tem q ser uma via de mão dupla. Isso significa que as duas pessoas devem estar no mesmo barco, remando juntas. Não dá pra apenas um ceder, apenas um fazer valer tudo.
Com o tempo, aprendi a amadurecer com os erros, a crescer como pessoa com as dificuldades vividas. Descobri que não posso querer que o outro pense como eu, mas eu tenho obrigação de tentar compreender o próximo.

O tempo me ensinou que o que vale é a minha intenção. A consciência é o mais importante. Se deito minha cabeça no travesseiro e tenho noção dos meus atos, reconheço meus erros e sei que posso melhorar, isso já é um passo enorme.

Então, aprendi que ninguém é igual à ninguém. Cada ser tem sua limitação.

Portanto, não se deixe abater porque alguém que vc tanto gosta hoje te vira a cara ou reagiu de forma inesperada diante de alguma situação. Vc tentou consertar? Tentou se fazer entender e ainda assim não conseguiu? Relaxe. O tempo, seja quanto for, fará esta pessoa compreender tudo mais tarde. O que vale é o que vc sente, o que vc é, o que vc deseja. Sendo assim, cultive só coisas boas dentro de si, como tens feito.

Um grande beijo.

2 comentários:

Thania disse...

MORRI!

rsrsrsrs

Amo tudo q vc escreve!

Bjoooos

Cíntia A. S. Sevaux disse...

Olá Nayara, precisava ouvir isso hoje viu... bjinhos!!!