quarta-feira, 6 de abril de 2011

Mude


Tá na hora de fazer faxina. Em todos os sentidos, diga-se de passagem. Arrume a casa, mude o lençol da cama, compre uma cortina nova. Sua casa merece. E pense no seu corpo como sua casa também. Roupa nova, perfume novo, mude. Usa esmalte claro? Troque por um escuro ou vice-versa. Só usa salto alto? Deixe seus pés relaxarem e use uma rasteirinha. Acho graça quando ouço mulheres falarem que rasteirinha não é elegante. A elegância da mulher vai além do que ela veste. Está no comportamento, na maneira de falar, na forma de andar. Seja de havaianas ou de salto número 15.

Mude. Transforme-se. Tire esta armadura e troque por outra mais bonita. Somos capazes disso. Temos mil e um artifícios que nos favorecem. Mulher tem batom, saia, blush, meia-calça, rímel... Só não fica bem quem não quer.

E faça uma faxina interior. Limpe a alma. Tire os excessos de rancor, mágoa, perturbações. Ninguém merece sofrer, nem aquele ou aquela que te feriu. Magoaram você? Fizeram algo que a chateasse? Esqueça. Não é importante. O que não é bom não se comenta. Não sustente uma situação ruim. Vire a página. Ou melhor, arranque esta página do seu livro. A história é sua, não permita que outras pessoas a escrevam por você. No seu livro, você é o autor. E mais, você é quem diz os personagens que devem entrar na sua história. O capítulo ficou ruim? Reescreva.

No mais, fazendo essa faxina e arrancando as páginas que não te servem, o melhor da história ainda está por vir...

3 comentários:

Nadia disse...

Adorei o texto, parece que foi feito para mim. Precisamos mesmo fazer uma faxina interio e exterior. Bjs e continue escrevendo sempre assim.

aline disse...

Oie, Nayra

Gostei muito...na verdade adorei...e concordei!! rs!

Lulu disse...

Amiga, claro que me senti dentro do texto. Reescrever ou arrancar páginas da minha vida são coisa que estou tentando fazer, neh?!

Se ainda não disse, mais um blog que eu adoro! Aliás, fã sua, sempre! ;)

Beijos e mais beijos cheios de saudade!