quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Quando não tem explicação

De repente, sem saber o motivo, você tem vontade de chorar. E qualquer coisa que aconteça no seu dia pode piorar a situação. Alguém fala mais ríspido com você e, apesar de lidar bem quando isso acontece, hoje você está diferente, não tolera esse tipo de coisa.

De repente, você se encontra sem paciência, acha tudo mesquinho demais, as pessoas discutem por nada, se mostram capazes de chatear alguém e se sentem felizes por isso. Hoje você não tolera esse tipo de coisa.

O telefone não para de tocar. Isso te perturba.

Alguém falou pra você, em algum momento de sua vida, que você era importante. Hoje, você não se sente assim. Hoje você está diferente.

O céu pode estar azul e o sol brilhando lá fora. A sensação é de que o dia está cinza.

Seu melhor creme de pentear fez o papel dele, mas no espelho a imagem que você vê não te agrada.

A comida mais saborosa para você não te deu água na boca hoje. Você nem sente fome. Você está diferente.

Você se dá conta e olha no calendário. Não, não é TPM.

O que pode ser? Enfim, não tem explicação. Você só quer ir pra casa, agora.

2 comentários:

Roberta Maia disse...

Olá Nayra, que cantinho bom...muitos livros e poesia...
Amei!!!

Tenha uma Linda Semana!!!

Muita LUZ!!
http://www.muitaluz2011.blogspot.com/

JOSY disse...

Visitando seu outro blog,encontrei este aqui,hoje eu me sinto exatamente assim,nem a comida deu água na boca..
Enfim será tpm?
Não sei so quero que o dia termine.

beijos

Josy