terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O primeiro a gente nunca esquece

Não sou nova nesse mundo blogueiro. Há muitos anos - e eu não preciso especificar direito - a internet foi apresentada à mim. Digo assim e não que eu fui apresentada à ela porque a bichinha estava aparecendo, surgindo. Eu estava, se não me engano, na quinta-série (que hoje é o sexto ano se não estou enganada), quando comecei a ter aulas de informática. Um hora por semana, a professora deixava a gente livre no pc e a gente fazia uns desenhos bizarros na tela. Imprimia e achava o máximo. Assim, o colégio justificava que valia à pena cobrar mais por isso.

Enfim, os anos se passaram e, no fim do minha adolescência, conheci aquele que seria o meu futuro marido. Onde? Numa sala de bate-papo da internet.

Escrever sempre foi a minha praia. Isso não significa que eu escrevo bem. Tirando os meus pais, alguns gostam e os que não gostam costumam não me falar.

A verdade é que inicio este blog na tentativa de voltar a escrever como eu fazia muito antes de ser jornalista. Durante a minha adolescência eu escrevia contos, crônicas e poesias.

Tudo isso porque, para mim, escrever é a terapia mais funcional que existe.

Um beijo

7 comentários:

Carol disse...

Vc nao sossega!! É que nem eu! Vive criando blogs hehehehe

Mas esse é por outro motivo. ADORO!

Beijinhos e boa sorte no teu novo blog :D

Biscuit da Nete disse...

Que legal, Nayra!
Boa sorte com este seu novo projeto!!!

Beijinhos

Nete

Juh** disse...

Claro que estarei aqui, primeiro porque te adoro! E segundo porque amooo crônicas textos e afins!!
Boa sorte no novo blog!!
Eu criei um com resenhas e dicas de livros e me encontrei, amo aquele blog, é o meu bebê rs...
beijoos

Ps: se quiser conferir o link é http://www.livroseblablabla.com/

Angela Bergamaschi disse...

vou te seguir aqui tambem porque adoro cronicas...boa sorte ..bjos

Piell Rouse disse...

Já estou por aqui!!
beijos e boa sorte com esse novo canto !!!

Nadia disse...

Se vc voltar a escrever como escrevia para mim, vai ser um sucesso este seu blog, como sou mãe coruja acho quequando vc quer, vc escreve e muito. Sucesso e muita inspiração. bjs

disse...

Comentário de mãe não conta...rs